sexta-feira, outubro 31, 2008

"Sou uma pessoa muito satisfeita. Sinto que não me falta nada"

Pedro Ayres Magalhães entrevistado em Pessoal e Transmissível a propósito dos novos Madredeus
in TSF

quinta-feira, outubro 30, 2008

La Palice: podes voltar

“Perderemos as eleições se não ganharmos as eleições. Não há duas hipóteses possíveis: ou perde-se ou ganha-se”

Manuela Ferreira Leite
in Publico

Faz o que eu digo; não faças o que eu faço.

“[a maioria absoluta do PS] tem sido má para o País porque ela tem sido exercida de uma forma verdadeiramente arrogante”.

Manuela Ferreira Leite
in publico

O céu era o limite

O que há de errado actualmente no mundo da gestão?

A exigência de resultados impossíveis.

João Hermida, consultor, em Pessoal e Transmissível
in TSF

quarta-feira, outubro 29, 2008

Foto: "Spy" de Mark Kitaoka

A quarta via

(...) há um grande défice de esquerda na Europa. Uma nova esquerda só poderá nascer de várias rupturas das diferentes esquerdas consigo mesmas.(...) Não para a mirífica repetição da revolução russa de 1917, nem para um modelo utópico global. Tão-pouco para segundas ou terceiras vias. Mas para uma via nova, que restitua à esquerda a sua função de força transformadora da sociedade e criadora de soluções políticas alternativas.

Manuel Alegre in Diário de Notícias

terça-feira, outubro 28, 2008

segunda-feira, outubro 27, 2008

Eu cá sou bom, sou muito bom, sou sempre a abrir (*)

Construo o livro na minha cabeça e o problema é os meus dedos serem suficientemente rápidos para acompanhar as ideias que fluem da minha mente.

José Rodrigues dos Santos in diário de notícias
(*) Extraído de "Sou bom" dos Xutos e Pontapés

domingo, outubro 26, 2008

Fé que move montanhas

Tenho esperança que esta crise possa acabar e melhorar [o ambiente económico].

José Sócrates em entrevista ao Diário de Notícias
foto: tony yang
foto: erdalkinaci

sábado, outubro 25, 2008

Quero mais, quero muito mais (*)

Ana Avoila da Frente Comum

Sindicatos querem mais do que um aumento de 2,9%.

(*) Extraído da canção "Quero mais" dos Xutos & Pontapés

sexta-feira, outubro 24, 2008

A descoberta da pólvora

"Cometi um erro ao confiar que o livre mercado pode regular-se a si próprio sem a supervisão da administração"

O antigo presidente da Reserva Federal norte-americana Alan Greenspan que esteve 18 anos ao comando da Fed
Aimee Man, cantora

Não gosto das pessoas que pessoas que não sabem fazer discos e nunca foram fãs de música me digam o que fazer.
Fiquei encantada quando pude ser livre.

Aimee Man referindo-se à editora que criou.

in Metro

quinta-feira, outubro 23, 2008

Os nossos gatos #2

Basta registar o entusiasmo com que a maioria dos comentadores se refere ao promissor futuro do eng. Guterres ou do dr. Durão Barroso. Aparentemente, qualquer deles daria um excelente chefe de Estado, com provas dadas na Europa, depois de se terem estatelado ao comprido no Governo que chefiavam.

Constança Cunha e Sá in Publico

Os nossos gatos

Em Portugal, onde a memória é curta, qualquer político tem as vidas que quiser: é uma questão de interesse ou de oportunidade. Sem sobressaltos de maior, o "fugitivo" de ontem transforma-se, de um dia para o outro, num portentoso candidato presidencial, capaz de redimir a pátria da sua apagada e vil tristeza.

Constança Cunha e Sá in Publico

Se for a pagar a preços de reclusão...

O ministro da Justiça, Alberto Costa, desafiou os empresários portugueses a interessarem-se mais pelo sistema prisional e a apoiarem as políticas de reinserção, ao empregarem mais ex-reclusos.

in publico.pt

quarta-feira, outubro 22, 2008

Quando o mundo gira à volta de MST

Computador do escritor Miguel Sousa Tavares com duas novas obras iniciadas foi roubado da sua casa em Lisboa. "Tiraram a um autor a sua ferramenta de trabalho e os elementos da sua criatividade. É quase um atentado censório, um atentado à liberdade de expressão e criação de um autor", afirma o seu o seu editor, António Lobato Faria, da Oficina do Livro.

in publico.pt
foto: Tony Yang

"É intolerável que isto esteja a acontecer na Europa, neste ano de 2008"

Os Nobel da Literatura Orham Pamuk, turco, Günter Grass, alemão, e Dario Fo, italiano, acompanhados pelos Nobel da Paz Desmond Tutu, sul-africano, e Mikail Gorbatchov, russo, e pela italiana Nobel da Medicina Rita Levi Montalcini, subescreveram um manifesto de apoio a Roberto Saviano que tem sido alvo de ameaças da Máfia por causa do seu livro-reportagem Gomorra.

terça-feira, outubro 21, 2008

Não é justo que os que combateram pelo lado do franquismo tenham os seus lugares nas igrejas e que os republicanos estejam enterrados em valas comun

historiador espanhol Angel Bahamonde a propósito da iniciativa do juíz Baltazar Garzon de tentar localizar e identificar as mais de 100.000 vítimas estimadas da repressão franquista
foto: Gervasio Sánchez em Sarajevo

"Pedimos-lhe que não trave a procura dos nossos mortos"

Ángel Rodríguez Gallardo, representante da Associação para a Recuperação da Memória Histórica de Pontevedra, e o possível recurso da Audiência Nacional invalidar a iniciativa de Garzón de localizar e identificar as mais de 100.000 vítimas estimadas da repressão franquista

segunda-feira, outubro 20, 2008

Apoio incondicional

A lei que cria a possibilidade de concessão extraordinária de garantias pessoais pelo Estado, no âmbito do sistema financeiro, até 20 mil milhões de euros, foi hoje publicada em Diário da República, entrando amanhã em vigor.
(...) uma emissão obrigacionista, podem beneficiar da cobertura do Estado, o que significa que a emissão tem um menor risco e, por isso, um menor custo já que se o banco não conseguir cumprir os compromissos, o Estado assegura-os.
De acordo com essa lei, o Estado português passa a ter a possibilidade de conceder, a título excepcional e no valor até 20 mil milhões de euros, garantias às instituições de crédito em operações de financiamento, como seja a emissão de obrigações ou papel comercial.

in publico

Apoio e contrapartidas#2

A Suécia anunciou hoje um plano de salvação do sistema financeiro, cujo montante ascende a 205 mil milhões de dólares (152,9 mil milhões de euros) e tem como objectivo o de aumentar a liquidez no sector. O plano permitirá também que o Estado passe a ter parcelas do capital dos bancos caso seja necessário.

in negocios

Apoio e contrapartidas

Os bancos que recorrerem ao plano de salvamento do Governo alemão terão de aceitar intervenções na política de negócios e de remunerações dos gestores, e pagar taxas por garantias ou injecções de capital, foi hoje anunciado em Berlim.

Os salários dos gestores dos bancos intervencionados serão limitados a 500 mil euros por ano, e não serão pagos bónus nem dividendos, confirmou hoje na capital alemã o porta-voz do Ministério das Finanças, Torsten Albig, após uma reunião do executivo para aprovar os pormenores da execução do plano de resgate.

in publico.pt

Listen carefully...

foto: shara elis

domingo, outubro 19, 2008

foto: Anna Borisova

Murmuro

foto: Andrzej Tyszko
foto: tony yang

Suores frios

foto: n.d.

Ils savent pas la chance qu´ils tout ces las
Ils marchent, ils respirent, ils courent
Je les envies d´être en vie

Extraído de Paris realizado por Cédric Klapisch

sábado, outubro 18, 2008

Leslie. Chuck Close, 1986, óleo sobre tela.

Ça veux dire quoi être normal?

Extraído de Paris realizado por Cédric Klapisch

sexta-feira, outubro 17, 2008

Aconteça o que acontecer, acredito que serei capaz de lidar com o que vier

Cantora Aimee Man em reacção aos tempos difíceis que vivemos
in Metro

Kristen: Why are you doing this to us?

Dollface: Because you were home.

Extraído do filme "Strangers" realizado por Bryan Bertino

Quando a memória colectiva é para levar a sério

Garzón ordena investigação aos desaparecidos do franquismo. O juiz Baltasar Garzón declarou que a Audiência Nacional tem competência para investigar o desaparecimento de milhares de pessoas desaparecidas durante a guerra civil espanhola e a ditadura franquista e, no âmbito deste inquérito, ordenou a exumação dos restos mortais existentes em 19 valas comuns, incluindo aquela onde se encontra sepultado Federico Garcia Lorca.

Num auto de 68 páginas, hoje conhecido, o magistrado considera que o caso se inscreve na esfera da competência da mais alta instância judicial do país, porque na origem do conflito, em Julho de 1936, esteve um levantamento militar “ilegal” que teve por objectivo derrubar “o Governo legítimo de Espanha”, “mediante um plano pré-concebido que incluía o uso de violência”, o que configura delito contra as instituições do Estado. Num dos documentos citado no auto, um grupo de generais golpistas insta os seus seguidores a “passar pelas armas todos os que se oponham ao triunfo do dito Movimento Salvador de Espanha”, revela a edição online do diário "El País".

in publico.pt

quinta-feira, outubro 16, 2008

todos os 15 países que mais passam fome foram classificados no Índice de Liberdade com não livres ou só parcialmente livres.

in Publico

Em 33 países do mundo, passa-se fome todos os dias

Em 33 países do mundo, passa-se fome todos os dias. Situação está melhor em relação a 1990, mas ainda se está longe de conseguir algum êxito digno de nota, diz relatório internacional.

in publico

Chapinho no teu olhar (*)

foto: Dominique Leford
(*) Extraído de canção dos Oqstrada

Plano "Assinem aqui pf"

O Governo solicitou carta-branca à Assembleia da República para legislar sobre a concessão de garantias do Estado à banca, a título extraordinário, até 20 mil milhões de euros.

É um instrumento que visa facilitar as operações de financiamento e refinanciamento das instituições financeiras nos mercados de emissão de dívida. O Banco de Portugal criou um grupo de trabalho para preparar o quadro legal em que vai funcionar o Plano Teixeira dos Santos.

A proposta de lei chegou ontem ao Parlamento e é omissa em relação a matérias concretas do plano de combate à crise financeira. O Governo pede aos deputados que autorizem o Ministro das Finanças a legislar, através de portaria, sobre os termos em que a garantia de 20 mil milhões de euros (com risco soberano) pode ser usada pelo sector bancário no mercado de capitais de médio prazo (emissão de divida no segmento obrigacionista e de titularização). Por definir, no documento entregue no Parlamento, está, por exemplo, o preço a pagar pelo banco que vai beneficiar da garantia (comissão), assim como a penalização a aplicar aos incumpridores.


in publico.pt

quarta-feira, outubro 15, 2008

Amália Rodrigues momentos antes de espectáculo de despedida
foto: publico


Tens medo?

Sim

Extraído do filme Gomorra realizado por Matteo Garrone

terça-feira, outubro 14, 2008

Clap clap clap

Durante uma sessão de perguntas com eleitores do Minnesota, uma apoiante de John McCain disse que Barack Obama é árabe. A resposta do candidato republicano e adversário de Obama foi pronta.
McCain tirou o microfone à apoiante e disse que Obama é um cidadão honesto e um homem de família.

in Publico

É de facto urgente voltar a Keynes e a Tobin.

João Rodrigues in Ladrões de Bicicleta

Tomates ou falta deles

(...) Também entre os homens e as mulheres da Fundação Nobel, que não foram capazes de atribuir o Prémio da Paz ao dissidente Hu Jia, escasseia a coragem.
Hu é neste momento o mais conhecido e reconhecido activista chinês dos direitos humanos. Encontra-se, desde Abril deste ano, a cumprir uma pena de três anos e meio de prisão por «incitar à subversão contra o poder de Estado».

Extraído de A Terceira Noite



Estreia em Novembro

Extraído de Café Margoso

segunda-feira, outubro 13, 2008

O vendedor de banha da cobra #2

O ponto principal desta crise é a extraordinária bolha especulativa que se criou nos EUA, o que levou a um aumento sem precedentes do preço das casas. Aí começou um processo de rentabilidade fácil de investimentos em imobiliário, que se transformou numa bola de neve. O sistema financeiro aproveitou para criar instrumentos financeiros que tornavam a rentabilidade acessível a todos os investidores. E o mundo inteiro foi atrás da oportunidade. Hoje sabemos que isto foi longe demais. A grande maioria das pessoas não se deu conta que a subida no valor dos activos e da rentabilidade dos investimentos não tinha sustentabilidade.

António Borges in Negocios.pt

O vendedor de banha da cobra

O economista António Borges defendeu na noite de quinta-feira que o "subprime"(crédito à habitação de alto risco) é «uma das melhores inovações dos últimos anos», demarcando-se assim da convicção generalizada de que este produto financeiro está na origem da presente crise mundial.

Declarações a 9 de Maio
in Agência Financeira

Toma lá #2

Hoje, garantidos com o nosso dinheiro, os bancos portugueses podem continuar a sua vidinha, ainda por cima com a certeza que o Estado vai lá estar para lhes amparar a queda. Capitalismo sem risco, o velho sonho da nossa classe empresarial, e sem concederem qualquer contrapartida. A diferença é esta. Gordon Brown disse “toma lá dá cá”. José Sócrates arriscou o nosso dinheiro sem exigir nada em troca.

in Arrastão

Toma lá

Ao contrário de Gordon Brown, que nacionalizou parcialmente a banca, mas forçou os bancos a aceitar um plano que prevê um corte radical nos salários e prémios dos gestores e nos dividendos a distribuir pelos accionistas nos próximos tempos, José Sócrates colocou o nosso dinheiro em jogo sem exigir nada em troca.

in Arrastão

domingo, outubro 12, 2008

sábado, outubro 11, 2008

sexta-feira, outubro 10, 2008

Homem de fé

Bush acredita ser possível ultrapassar rapidamente a crise financeira

in Publico.pt

foto: NeedChemical

quinta-feira, outubro 09, 2008

Esquizofrenia

O grupo parlamentar do PS vai apresentar amanhã uma declaração de voto, após a votação dos projectos de lei do Bloco de Esquerda e de os Verdes sobre o casamento entre homossexuais. Apesar de votarem contra os diplomas, os deputados explicam que estão a favor da união entre pessoas do mesmo sexo.

in publico

“It is not the end of the world”

Miguel Esteves Cardoso em resposta à pergunta "Qual o seu lema?" Extraído de Pessoal e Transmissível, in TSF

quarta-feira, outubro 08, 2008

“É um direito,temos um compromisso moral e um imperativo económico para resolver esse assunto"

Barack Obama acerca do tema "Saúde", ontem no debate com o seu opositor John McCain.
foto:ewwrew

É o tempo da ofensiva ideológica.

(...) cabe aos socialistas europeus entenderem que este é o tempo de actuarem e tomarem novamente a dianteira na implementação do seu modelo social.
É o tempo da ofensiva ideológica.

Tiago Barbosa in País Relativo

Está na hora deste rapaz procurar outro emprego

terça-feira, outubro 07, 2008

Indisciplina de voto

Está toda a gente muito preocupada por os homossexuais não se poderem casar - eu estou muito mais preocupado por os deputados não poderem pensar.
Ao aprovar a disciplina de voto (com excepção de uma mascote da JS, que está autorizada a votar a favor da proposta e assim demonstrar a extraordinária "pluralidade" dos socialistas) numa matéria claríssima de costumes e de consciência individual como é o casamento dos homossexuais, o PS enfiou mais uma machadada na credibilidade do Parlamento e dos seus deputados. Obrigado, Alberto Martins.

João Miguel Tavares in DN

Igualdade de gênero

«Se quero que uma mulher seja Presidente?
Quero que seja a mulher certa. Não pode ser qualquer vagina, tem de ser a vagina certa.»


A actriz Susan Sarandon aquando da sua visita a Lisboa explicando o seu não apoio à candidatura a Hillary Clinton
in Sexta

segunda-feira, outubro 06, 2008

"Fiquei muito contente por vir aqui porque nunca tinha tido tantas meninas bonitas a menos de um metro de mim"

Declarações de Cavaco Silva no Portugal Fashion

"Encantado por ver como as vacas vinham deliciadas ao encontro do robô que as ordenhava"

O Presidente da República seguiu com manifesto interesse os projectos bem-sucedidos em Vila Meã e em Lousada.
No primeiro, uma exploração leiteira robotizada, Cavaco Silva confessou ter ficado "encantado por ver como as vacas vinham deliciadas ao encontro do robô que as ordenhava". E sublinhou o facto de um projecto iniciado com 19 vacas ter crescido para 200 animais e assegurar a produção de um milhão de litros de leite.

in Correio da Manhã

Sombras

foto: Katarzyna Widmanska

sexta-feira, outubro 03, 2008

Paul Newman, Actor

"Há alguns que são actores natos, intuitivos. Eu não. Representar, para mim, é tão difícil como dragar um rio. É uma experiência dolorosa. Não tenho, muito simplesmente, nenhum talento intuitivo. O meu trabalho inquieta-me e estou sempre a queixar-me das minhas representações."

Paul Newman, 1959
in Publico

foto: Katarzyna Widmanska

quinta-feira, outubro 02, 2008

As Donas Brancas americanas

O Estado americano e Wall Street criaram uma situação horrível. O instinto da Câmara dos Representantes é correcto:o dinheiro público não deveria ser gasto a lançar um salva-vidas aos autores deste esquema de Dona Branca de proporções planetárias.

Luciano Amaral in Meia-Hora

Debaixo do tapete

Uma coisa é certa, o Plano Paulson era uma imensa oportunidade de negócio para as instituições financeiras: tratava-se de se livrarem de lixo a preço acima do preço do lixo.

Luciano Amaral in Meia-Hora

Autismo

Trichet, presidente do Banco Central Europeu

Taxas de juro devem ficar iguais até ao final do ano.

in Meia-Hora
foto: Rik Scott

Quem, como ele, acredita na nobreza do jornalismo, tem de reconhecer uma cunha quando a vê. E, sobretudo, deve reconhecê-la quando a mete.

Baptista-Bastos negou-me ter tido qualquer comportamento "reprovável" e eu não tenho qualquer razão para pôr em causa a sua verticalidade. Mas também não tenho dúvidas de que ele jamais deveria ter recorrido à câmara para conseguir uma casa. O escritor Baptista-Bastos, que já tanto deu a Lisboa, podia ter direito a ser ajudado numa altura de dificuldade, como parece ter sido o caso. O jornalista Baptista-Bastos, não. Porque pediu um favor ao poder autárquico. Porque auferiu de um privilégio vedado ao cidadão comum. Que alguém que sempre foi tão moralmente exigente nos seus artigos de imprensa não perceba isto faz-me confusão. Quem, como ele, acredita na nobreza do jornalismo, tem de reconhecer uma cunha quando a vê. E, sobretudo, deve reconhecê-la quando a mete.

João Miguel Tavares in Diário de Notícias